DENUNCIAR ABUSO POLICIAL MILITAR SP – CORREGEDORIA – WWW.SSP.SP.GOV.BR

By | 17/03/2016

DENUNCIAR ABUSO POLICIAL MILITAR SP – CORREGEDORIA: O policial é um funcionário público, e assim como qualquer outro cidadão, deve agir de acordo com as leis. Por isso, quando um policial comete algum abuso estará sujeito à punição e deve ser denunciado. Ao abordar um indivíduo o policial deve se identificar e solicitar que a pessoa faça o mesmo, mostrando seus documentos. O policial não pode apreender os documentos do indivíduo, a menos que haja suspeita de falsificação, e nesses casos o policial deve fazer um auto de apreensão, ou seja, registrar o que foi retido.

Ao abordar um indivíduo que não esteja com os documentos o policial não pode prendê-lo, já que não existe prisão por averiguação, ou seja, isso é ilegal. Logo confira como Denunciar Abuso Policial Militar SP, caso este esteja infringindo as leis.

DENUNCIAR ABUSO POLICIAL

O policial ao abordar um indivíduo pode também solicitar a revista do automóvel ou mesmo do indivíduo, mas sempre preservando a privacidade do revistado. Uma revista íntima pode ocorrer apenas em local adequado e a revista a mulheres deve ser feita por policiais femininas. Então, se o policial está descumprindo as leis, você tem a possibilidade de Denunciar Abuso Policial Militar SP.

Como Denunciar Abuso Policial Militar SP

Existem várias situações que indicam que o policial está cometendo abuso, uma delas é invasão de domicílio, ou seja, quando o policial adentra sua residência sem consentimento. Até mesmo a polícia pode entrar em sua casa durante o dia e com mandato judicial, ou em caso de emergência, ou seja, se um crime estiver acontecendo naquele momento ou em caso de acidente, durante a noite os policiais apenas podem entrar em sua casa em caso de emergência. Então, se o policial infringir essas regras você poderá Denunciar Abuso Policial Militar SP.

Para Denunciar Abuso Policial Militar SP você deve reunir o maior número de informações possíveis do acontecido, sabendo quando e onde o abuso aconteceu, encontrando testemunhas dispostas a depor (caso haja) e nome dos policiais, da viatura, do batalhão ou da delegacia. Logo entre em contato com a Corregedoria, e solicite a abertura de um inquérito (em caso de agressão física solicite o exame de corpo de delito). Em São Paulo as denúncias contra polícias civis e militares podem também ser feitas na Ouvidoria da Polícia. Para conferir os casos que podem ser considerados abusos acesse o site: http://www.guiadedireitos.org/.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.